Blog

28/12/2017

Dias Melhores

Compartilhar:

Sempre que acaba o ano, a gente passa a refleti-lo.

O que fizemos, o que deixamos de fazer, o que conquistamos ou não.

Mas, por incrível que pareça, todos queremos nos redimir dos erros e, se possível, sermos perdoados.

Como nem sempre fazemos a nossa parte, aqueles que ainda têm noção, sofrem um bocado pelas falhas, buscando na fé e na oração um refrigério para a alma.

Muitas vezes o perdão vem pela oração.

E assim, são todos os finais de ano.
Vivemos num mundo conturbado, sob constantes pressões, decepções e frustrações, tanto no trabalho, na vida social ou na própria família, e isso nos abala frequentemente.

Então, “Hay que tener mucha fé” e acreditar que podemos ainda fazer esse mundo melhor, ou pelo menos o mundinho à nossa volta.

Meu pai sempre dizia que “quem não ajuda, não atrapalha” e isso, nos dias de hoje, faz sentido.

Muita gente se omite em decisões coletivas, em melhorias comuns, em pequenos gestos comunitários ou familiares.

Preferem ver “o circo pegar fogo”, a fazer sua parte.

Mas ainda há tempo, enquanto tivermos tempo e os “bons costumes” prevalecerem.

Louvável a iniciativa da ACI, com a campanha “Cruz Alta-Minha Cidade, Meu Lar”, convidando cidadãos, empresas e o poder público a conservar a cidade, realizando limpeza, pintura e cuidados básicos, como uma simples capina na calçada.

Quem sabe não está aí, a autoestima que precisamos para 2018?

Cidade limpa, praças atraentes, fachadas das casas pintadas, um cartão postal!

Quem sabe aquele imenso estacionamento gratuito na rua Presidente Vargas, não volte a ser uma rua asfaltada, com canteiros floridos?

Vamos acreditar que dias melhores, muitas vezes, depende mais de nós que do acaso.

Todos merecemos dias melhores, porque disso é feita a vida.

Com Deus no comando, e com proteção da “Santinha”, tudo há de ser melhor.

Como diz a canção do Jota Quest:
 
“Vivemos esperando
Dias melhores
Dias de paz, dias a mais
Dias que não deixaremos
Para trás.
...Dias melhores para sempre.”
 
FELIZ 2018!
Voltar ao Blog