Campo Obrigatório

Notícias  > Saúde

  • 05/09/2013 10:6 - Atualizado em 05/09/2013 10:7

    Lançada oficialmente a Semana do Coração 2013 em Cruz Alta


    Evento aconteceu na noite desta quarta-feira, no ICCA


    A Semana do Coração em Cruz Alta chega a 8ª edição em 2013. Programada para acontecer entre os dias 23 e 27 de setembro, o evento foi lançado e aberto oficialmente na noite desta quarta-feira, dia 4, no Instituto de Cardiologia de Cruz Alta. Os dados coletados na campanha realizada em 2012 foram apresentados durante o lançamento e abertura. 
     
    O evento deste ano segue o modelo que deu certo em 2012, mas terá novidades. Uma delas é o Programa Virtual, que auxiliará nas pesquisas. Neste programa, a pessoa responde a um questionário e recebe um relatório sobre como deveria se comportar em relação à própria saúde. O endereço para os interessados em participar é www.semanadocoracaors.com.br/programavirtual
     
    Além de orientar quanto aos cuidados com a saúde, a Semana do Coração também busca educar hábitos para uma saúde melhor. No município, a iniciativa do Instituto de Cardiologia (ICCA) está na oitava edição e já virou Lei Municipal. 


    Fonte: Redação Cruz Alta Online/Diulia Soares

  • Especial

    A realidade dos alimentos: quanto você está consumindo?

    O Equilibrium, a partir da nutricionista Bruna Turcato, apresenta a quantia de gordura, sal e açúcar de cada alimento para lutar contra a obesidade

    O mês de outubro gerou uma ação diferente no Equilibrium - Centro Terapêutico de Obesidade de Cruz Alta. Sendo o mês contra a obesidade, o Centro, através da nutricionista Bruna Turcato, expôs vários alimentos do cotidiano das pessoas, informando a quantia de açúcar, sódio e gordura de cada um. Essa atividade, conforme explica a nutricionista, tem a intenção de mostrar a realidade dos alimentos.
     
    “Às vezes, no rótulo, você não tem a noção de mililitros, miligramas, gramas, e isso acaba sendo representativo pelo que o paciente vai consumir. Só um caldo de carne, por exemplo, já tem a quantia de sal que se recomenda para uma pessoa consumir em um dia”, explica Bruna. O caldo, de 10g, possui 32kcal, 2,2g de gordura, e 4,69g de sal. 
     

     
    Ela também exemplificou com outros alimentos disponíveis. O macarrão instantâneo também contém a quantia necessária de sal para um dia inteiro, segundo a ANVISA, e, além do sal, ele tem muita gordura. “É um alimento que adolescentes, crianças e muitos adultos comem. Como é instantâneo, fácil de fazer, acaba-se ingerindo”. O popular Miojo, com 85g, possui 369kcal, 15g de gordura e 4,08g de sal.
     
    Para acompanhar o macarrão, um refrigerante é uma opção. Bruna analisou a marca mais vendida do mundo, na quantia de 350 ml, 600 ml, e 2 l. “É bem representativa a quantidade de açúcar que tem nesses alimentos”. Respectivamente, o refrigerante possui 37g e 149kcal, 63g de açúcar e 255kcal, e 210g e 850kcal. “Quisemos enfatizar o refrigerante. É algo bem tradicional, não só dos domingos. Agora todos os dias, todas as horas quando a gente ai para comer alguma coisa com os amigos, acabamos bebendo refrigerante”. 
     
    Outro alimento bem consumido é o salgadinho. “Pegamos duas marcas, mas colocamos apenas um que fosse mais representativo, que o pessoal conhece mais. Ele tem bastante sal, e muita gordura, apesar de ele parecer mais sequinho, mas ele é bem representativo”. Um pacote de salgadinho de 90g possui 464,4 kcal, 25g de gordura e 3,63g de sal.
     
    A barra de chocolate também foi analisada, assim como o wafer – conhecido popularmente como merendinha. Em 170g do primeiro alimento, existem 931,6 kcal, 56,4g de gordura e 95,2g de açúcar. Já o wafer, com 150g, possui 760 kcal, 38,5g de gordura e de açúcar, 55g.
     
    Ainda, 200g de maionese possuem 666,6 kcal, 67,5g de gordura e 5,33g de sal. E a cerveja, com teor alcoólico de 4,8%, e 42,5 calorias a cada 100 ml. 
    O excesso dessas substâncias causam problemas nas pessoas. “O açúcar pode alterar a glicose, pacientes com diabete devem cuidar o açúcar. O sódio, que é o mais importante, possui a questão da hipertensão. E a gordura, atinge a hipertensão e doenças cardiovasculares”.
     
     
    A hipertensão, por exemplo, está associada a obesidade. Um caldo de carne já tem a quantidade de sal que se precisa, mas é adicionado mais sal, e sem contar o sal natural do alimento. “A pessoa acaba consumindo muito mais sal, o que eleva a pressão das pessoas”. 
     
    A solução é fazer boas escolhas, com a opção certa de qualidade e quantidade de alimentos para consumir. “A pessoa fazendo boas escolhas pode ter uma melhor qualidade de vida.” 
     
    O valor energético (kcal), quantia de gordura e sódio são informados no rótulo de cada produtos. Na embalagem devem estar declarados, obrigatoriamente, os nutrientes: valor energético (kcal e kJ), carboidratos (g), proteínas (g), gorduras totais (g), gorduras saturadas (g), gorduras trans (g), fibras (g), sódio (mg), aqueles exigidos por Regulamentos Técnicos Específicos, e aquele sobre o qual se faça claim nutricional/declaração de propriedades nutricionais. 
     
    A apresentação da rotulagem nutricional deve seguir os modelos estabelecidos. “A informação nutricional deve ser expressa por porção (ml/mg/l/g), medida caseira e o percentual de Valor Diário (% VD). Adicionalmente, pode ser expressa por 100 g/ml”.
     
    Portanto, já na embalagem estão disponíveis a porção, a medida caseira e o %VD. “A porção é a quantidade média do alimento que deve ser usualmente consumida por pessoas sadias”. A medida caseira indica a medida normalmente utilizada pelo consumidor para medir alimentos, como fatias, unidades, pote, xícaras, copos, colheres de sopa.  “A apresentação da medida caseira é obrigatória. Esta informação vai ajudar o consumidor a entender melhor as informações nutricionais”.
     

     
    O percentual de Valores Diários (%VD) indica o quanto o produto em questão apresenta de energia e nutrientes em relação a uma dieta de 2 mil calorias. “Cada nutriente apresenta um valor diferente para se calcular o VD”.
     
    Os valores diários de referência: valor energético – 2000 kcal/8400 kJ, carboidratos – 300g, proteínas – 75g, gorduras totais – 55g, gorduras saturadas – 22g, fibra alimentar 25g e sódio 2400mg. Não há valores diários de referência para as gorduras trans. 

    Fonte: Redação Cruz Alta Online/João Pietro Bridi

É permitida a reprodução parcial do material jornalístico desde que citada a fonte.
As opiniões dos colunistas e dos leitores nos comentários não representam a opinião do portal.
® 2014 - Cruz Alta Online - Ano II - Todos os direitos reservados.